Pular para o conteúdo principal

[RESENHA] Nova Era - Paloma Brito

   Fala aí galerinha! Tudo bem? =)
   Estava aqui pensando e ontem não tivemos postagem como de costume aqui do blog, porém hoje não poderia faltar o mais importante que é ontem o blog fez 7 aninhos!!!!! Isso mesmo, 7 anos de muito amor envolvido e muitas postagens. Para quem não conhece o blog faz um tempo maior antes eramos eu e minha amiga, Giovana, que fazíamos as postagens, mas por decisão dela ficou somente eu e até hoje estou aqui falando com vocês, mesmo nos períodos de altos e baixas. Hoje então para continuarmos com a programação vamos a mais uma resenha!
   Nova Era vai começar quando o mundo dos elfos da luz e da escuridão, após a confirmação de um trato, param suas brigas. No entanto, os elfos da escuridão acabam decidindo terminar o contrato e voltam a aparecer e ameaçar os elfos da luz e é aí que vamos ter a apresentação da Arien, uma elfa da luz, que diferente dos outros elfos tem o poder da alma, que é um poder raríssimo e que com isso ela pode voltar a vida e também dar energia para os outros elfos e animais.
   Arien é uma elfa que está em seu momento de treinamento, pois é preciso para que possa enfrentar qualquer guerras e lutas que houverem e mesmo sendo treinada ela não sente que seu poder vai ajudar de alguma forma, pois como ela tem o poder da cura isso só seria um problema para todos ao seu redor. No entanto, ela sofre pela perda de sua irmã ainda cedo e com isso se isola e não decide que vai usar seu poder, pois foi pela falta dele, ou seja, por não saber utilizá-lo bem que ela deixa sua irmã morrer. Sendo assim, ela se sente isolada por todos e também por um outro motivo, que é o de não ter um Aia.
   Todos os elfos tem um Aia, que são elfos que tem uma transformação e podem ser leões, pássaros e outros animais também e estes Aías tem o objetivo de proteger os seus companheiros. Com a ausência do seu Aia, Arien, então, tem sua vida protegida por um anão, que é contratado por seus pais, mas que este acaba se tornando um melhor amigo dela. 
   Certo dia, descobre que finalmente sentiu sua ligação e no dia seguinte, ao ir em um de seus lugares prediletos, finalmente se encontra com seu Aia, que não quer de maneira nenhuma acompanhá-la nesta nova jornada e sendo assim são obrigados a tomar outras medidas para que os dois se juntem e tentem ajudar nesta grande luta que está para chegar.
   Por que o Aia dela não a quer? Existe algo que ela possa fazer para melhorar seus poderes? Por que os elfos da escuridão resolveram abandonar o contrato?
   Essas e outras perguntas são colocadas para nós leitores e que vão sendo desmistificadas no decorrer de toda a trama. A escrita da Paloma é bem fluida e aconchegante, porque sinceramente não consegui abandonar o livro, uma vez que ele consegue nos segurar de uma maneira que confesso não imaginava que fosse tão amável. Gostei também de como ela fez com que houvesse a interação dos personagens, porque ela consegue com grande maestria dar o sentido que ela deseja para toda a trama e explicar o porque de tudo.
   Confesso que todo  o livro para mim foi muito agradável e que desejaria que tivesse mais dele, porque eu senti a necessidade de uma continuação, pois aquele final meu bem dá um belo gatilho para uma continuação. Recomendo então para todos que gostam de uma boa narrativa cheia de aventuras e muitos mistérios, além de claro aquele romance bem amorzinho.
   Espero de coração que tenham gostado da resenha de hoje e nos vemos amanhã com mais uma postagem! Mas antes de encerrar esta postagem teremos mais uma resenha esta semana e espero que gostem, porque sendo bem sincera cada uma delas tocou meu coração de uma forma maravilhosa e com isso na semana que vem não teremos resenha ou no máximo uma resenha mais concisa. Parabéns para nós, já que 7 anos são graças a todos vocês que estão aqui sempre comentando e fazendo com que o blog cresça!
   

Comentários