Pular para o conteúdo principal

[RESENHA] Menina Má - William March

   Fala aí galerinha, tudo bem?!
   Espero que estejam todos ótimos e que tenham aproveitado muito bem o final de semana para colocar todas as leituras em ordem. Minha segunda foi bem tranquila e consegui pensar em como colocar tudo que quero na resenha de hoje, que muitos já devem saber, se trata de uma resenha de um livro de terror e suspense! Quem aí já conhece o livro Menina Má escrito pelo autor William March?
   Menina Má vai contar a estória de sra. Penmark e sua filha Rhoda,que é uma menina muito fria, mas que é adorada por todos e muito estudiosa. Sendo ela parente de um excelente escritor vai a melhor escola da região em que moravam para assim conseguir uma vaga.
   A Sra. Penmark conversa com as donas do internato e por ser reconhecido o seu pai consegue a vaga para sua filha, o que deixa Rhoda super feliz e ansiosa, já que sempre estudou nos melhores lugares e era a melhor em tudo o que fazia.
   Seu primeiro dia na escola é muito produtivo, mas as crianças não chegam muito perto dela, pois como é muito fria parece ser bem mais velha e não se importa com ninguém além de si mesma. Chega então uma das comemorações e nela os alunos que se destacaram ganham uma medalha e no caso a medalha é para quem melhor teve crescimento na caligrafia. Rhoda fala com toda certeza para sua mãe que irá ganhar a medalha e que ela já é sua, porém quando estão comunicando o ganhador, quem ganha é um garotinho e Rhoda não aceita muito bem e fica super brava com o ocorrido.
    Mesmo tendo acontecido isso e sua mãe ter falado para ela que não precisava se preocupar, porque assim como ela o menino também tinha se esforçado, Rhoda não esqueceu do que aconteceu. Um dia Rhoda estava em um piquenique, que ocorria todos os anos, pela escola e neste mesmo dia o garotinho que havia ganho a medalha morreu e todos os professores queriam perguntar a Rhoda, porque ela foi a única que ficou perturbando o garoto desde quando chegou, porém a menina não diz nada.
   É, então, que sua mãe vai começar a pesquisar tudo o que houve naquele lugar e o que fazia de sua filha uma pessoa tão insensível como era, tanto que nem se importou com a morte do colega de classe e é nestas pesquisas que a Sra. Penmark vai descobrir toda sua história, desde seus antepassados, para chegar em Rhoda e entender que o problema que a filha tem não é simplesmente algo que se passou por algum motivo qualquer, mas sim de uma geração bem marcada.
   Confesso que adorei como a narrativa do autor vai nos mostrando tudo que acontece durante todos passos da Sra. Penmark, pois a menina que não parecia fazer nada além do normal se mostra com uma capacidade e com isso nos leva a refletir o que são passados e como a mãe dela agiu para o resultado final, pois ele tem aquele sentimento de como você como mãe ou pai lidaria com este acontecimento, já que aquele ser humaninho é seu filho ou filha. Mas acredito que tudo o que o autor escreveu de certa forma mostra o amor de uma mãe por seu filho e deu para compreender totalmente como tudo aquilo aconteceu.
   Gostei de todo o enredo e de como a garotinha é, e confesso ela realmente parece bem mais velha, pois tem um pensamentos super bem formulados, mas não deixa também sua criança interior longe de suas características. E você o que faria se descobrisse que sua filha ou filho cometeu alguns crimes somente por ganância?! Deixem aí nos comentários.
   O livro levou 5*, porque me conquistou demais e recomendo para todos que gostam do gênero, já que não é um gênero tão apaixonante assim. Nos vemos então amanhã com mais uma postagem super especial que estou criando do evento que fui, beijinhos e tchau!

Comentários

  1. Eu amo esse livro, um doa meua preferidos! Sua resenha ficou otima!
    Beijos. ❤️
    www.lewestinblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Le, tudo bem?!

      É realmente um baita de um livro né?! Obrigada pelo carinho <3

      Beijinhossss

      Excluir

Postar um comentário