Pular para o conteúdo principal

[RESENHA] Krystallo: Jornadas para Além das Fronteiras - Raphael Fraemam

   Fala aí galerinha, tudo bem com vocês?
   Espero que estejam ótimos e desculpem a ausência nestes dias depois do carnaval, pois estava com muitas correrias por aqui depois do carnaval e fiz de tudo para voltar o quanto antes. Hoje, vamos falar sobre mais um livro nacional, porém desta vez não se trata de um romance, mas sim de uma distopia, que por sinal vai mostrar ser muito interessante. Vamos lá?!
   Krystallo: Jornadas para Além das Fronteiras terá seu início com a retomada de um movimento histórico em que os países estavam em busca de encontrar os cristais de energia e com isso serem os únicos a estarem atualizados, enquanto outras regiões não tinham a energia que precisavam e passavam necessidades.
   É com este movimento que conheceremos Tomé, um jovem que está estudando na cidade de Econ vê e grava um ocorrido e a partir deste momento começa a duvidar de como o governo de seu país está sob o controle e o que tudo isso está interferindo. Até que um dia estava revendo sua gravação e começa a observar um novo animal que está na gravação e neste mesmo dia seu celular é roubado por uma moça.
   No roubo, ele acaba seguindo ela e com isso se transporta para outro local, em que nunca se imaginaria estar e pensa até que este local é no passado, pois em vez de estar atualizado muitas coisas estão de forma antiga.
   Porém, Tomé irá descobrir que isso não se trata de algo tão inocente, mas sim que seu país não é o que ele espera.
   Também iremos conhecer a visão da Gray uma jovem que está estudando para ser algo na vida, porém ela se encontra na cidade de Opus e ela e Econ estão em constante guerras. Gray é super inteligente e vendo isso um grupo a rapta e ela vai parar em uma embarcação. Lá ela irá conhecer novos amigos e começará a compreender como que funciona o seu governo e o porquê de não ser tão bom assim também como eles se mostram.
   O livro todo é narrado em terceira pessoa e vamos perceber como que cada um funciona. É bacana demais saber sobre cada um dos lugares e como que funciona cada um dos governos e sendo bem sincera a escrita nos incentiva a continuar a ler cada vez mais, sendo assim recomendo para todos que gostam de um livro com esta pegada mais política, mas que tem todo um envolvimento de background.
   Espero que tenham gostado da resenha de hoje e peço mais uma vez desculpas pela demora, nos vemos amanhã em mais uma nova postagem, beijinhos e fui!

Comentários