[RESENHA] O Diário da Princesa v.1 – Meg Cabot

E aí leitores e leitoras do 4 You Books Mania, tudo bem? 


Em nossa resenha de hoje vamos falar um pouco mais sobre o que acontece no primeiro livro de O Diário da Princesa da Meg Cabot. Ele é bem famoso pelo seu filme, mas um pouco diferente, já que quando se trata de um livro podemos imaginar bem que alguns pontos são vistos de outras maneiras, não é? Vamos então falar um pouco mais de Mia e sua estória pra lá de louca?


Sobre o livro 

Mia é filha de pai e mãe separados, estuda em uma escola normal em Nova York e tem a vida de uma garota nada popular. Ela, assim como as garotas de sua idade (15 anos), está apaixonada pelo rapaz mais descolado de sua escola, no entanto ele não tem olhos para ela. 

Certo dia ela recebe a visita de seu pai e vai conversar com ele para saber mais sobre o que ele tinha para falar. Ela descobre então que ele é o herdeiro, se assim podemos dizer, de Genovia e devido a um câncer ele não pode ter filhos, o que resulta em Mia ser a única herdeira para seu pai, ou seja, a nova princesa do lugar. 

Ela então entra em uma crise, já que não quer e não deseja nenhuma daquelas coisas e vai agir exatamente como uma adolescente rebelde. Seu pai para resolver o problema paga a ela 100 dólares por dia, para que ela tenha aulas com sua avó sobre como ser nobre. 

Mia acaba não dizendo a ninguém sobre seu novo “status” e muda a maneira como está agindo com todos ao seu redor, inclusive com sua melhor amiga. O resultado é simples, ela perde a melhor amiga e se torna uma pessoa que ninguém consegue lidar. 

Logo, uma notícia nos jornais muda toda a situação e descobrem que a filha do rei de Genovia está lá e é aí que tudo começa. Mesmo bombando nas aulas de Álgebra e sem sua amiga, Mia terá que viver de maneira diferente somente porque é a nova princesa daquele lugar, mas antes de ela ir para lá é permitido que termine seus estudos. 

Então, quando a notícia se espalha o então garoto, que não reparava nela, passa a ter todos os olhos voltados para a linda princesa de Genovia. Isto, no começo parece não ser algo tão problemático, já que poxa ela é apenas uma garota, mas muita coisa vai mudar. 

Será que ela vai aceitar esta nova vida? Quais serão os outros problemas enfrentados por Mia? 


Minha opinião 


O livro em si é bem bacana, mas a personagem é muito chata! Confesso que em todos os momentos eu fiquei bem irritada com o seu posicionamento, mas entendi que ela é uma garota com apenas 15 anos e que está na sua fase mais rebelde. 

Assim como todos livros deste tipo de narrativa, ela não percebe que o irmão de sua melhor amiga é o mais amorzinho e que esse sim é um grande rapaz para estar junto, mas sabe como é né, isto só irá se desenvolver quando ela estiver com uma mente mais madura. 

O formato da escrita se torna bem interessante, já que temos um diário. Pois, comumente entendemos que ele é algo pessoal, então tem de tudo por lá, desde os sentimentos mais absurdos até exercícios de Álgebra, o que torna o livro bem mais real e interessante. 

Gosto muito da narrativa da Meg, porque ela passa de uma maneira bem simples tudo o que deseja e a estória fica maravilhosa. Confesso para você que já quero os outros livros, e sim sei que são vários, e também recomendo fortemente este livro para os amantes deste gênero. 

Infelizmente ele não está nas minhas leituras favoritas, mas está entre aqueles livros que são gostosinhos e fáceis de se ler. A edição também está linda, mesmo sendo a econômica. 

E aí o que você achou? Pretende ler este livro? Conta aí nos comentários para que possamos conversar mais sobre cada um dos personagens e, claro, fazer uma comparação bem básica com o filme. Nos vemos em breve, beijinhos e fui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário