terça-feira, 25 de abril de 2017

[RESENHA] Revelações (Assassin's Creed) - Oliver Bowden

   E ai pessoal, como estão?
   Espero que todos muito bem. Hoje vamos falar especialmente do quarto livro da série Assassin's Creed, que tem seus três primeiros volumes já resenhados aqui no blog, mas antes de começar a resenha vamos falar um pouco dos jogos que foi onde que começaram esta jornada que se passa em uma década bem conturbada. Nos jogos teremos todas as histórias, já que os livros foram originados delas, porém com muita ação e aventura, já que o objetivo dos jogos é fazer com que quem jogue tenha uma aventura que possa ser aproveitada ao máximo, o que não é diferente nos livros. Vamos então a resenha de Revelações?


   Teremos neste quarto volume o retorno de Ezio Auditore, protagonista que conhecemos no primeiro volume, filho de bancários e que por conta da morte de seus parentes se tornou um Assassino que busca sempre o melhor em todos os casos e muitas das vezes isso é encontrado com a morte.
   Neste livro Ezio se encontra com uma idade mais avançada e com ela suas características mudam bastante. Deixa de ser aquele jovem feroz, para alguém mais controlado e com uma sabedoria impressionante. Seu objetivo é encontrar cinco chaves "perdidas", que foram deixadas por Altair, outro Assassino que vemos em alguns dos outros livros, para que mais alguém a encontrasse e tivesse uma mensagem para se levar ao futuro. E é com esse objetivo que Ezio passará por muitos lugares e encontrará vários desafios até encontrar as chaves e isso se encontrar as mesmas.
   Em sua viagem ele acaba conhecendo Sofia, que é nossa nova personagem, bibliotecária e amante dos bons livros. Ezio então a conhece e ensina sobre os Assassinos e acaba por colocá-la em um lugar não muito agradável, já que tudo que está fazendo corre um grande risco e ele acaba por se apaixonar por ela, então todos seus inimigos viram automaticamente os inimigos dela, mas ela não está ai apenas para fazer com que Ezio se apaixone e mude, mas também para ajudar a sua jornada.
   Muito bem empolgados vamos lendo e começando a nos apaixonar por cada um dos personagens e as mudanças que vemos são tão positivas que nos deixam mais entretidos e confesso que este livro me agradou muito mais do que seus três primeiros volumes, levando assim uma nota 5 no skoob, que é onde organizo minhas leituras.
   Agora depois de falar bastante da história que é desenvolvida neste livro, vamos falar de edição e escrita! Narrado na terceira pessoa, o livro consegue passar para nós leitores todos os pontos de vista, já que muitas vezes somos levados a duas visões que compõe a história e isso nos deixa com aquela agonia de quando acaba uma visão e quando acaba a outra, geralmente utilizadas para explicação. As páginas são amareladas e a foto de capa é a mesma do jogo, sendo como disse anteriormente um visão do jogo para os livros. A fonte está bem bacana e não deixa dificuldades para quem está lendo! Ele foi publicado pela Editora Galera Record e tem 392 páginas, que passam bem rápidas.

   Bem pessoal, espero que tenha conseguido falar nessa resenha que acabou ficando um pouco grandinha tudo o que achei deste livro e que incentive a vocês que assim como eu não estavam gostando muito da série a continuar ;). E para aqueles que já leram deixo aqui a dúvida será que o amor pode transformar as pessoas? Beijinhos e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário