Pular para o conteúdo principal

[RESENHA] Não espere pelo Amanhã - Josy Stoque

   Boa noite galera!!!!!! Falei que voltaria e cá estou eu para fazer mais uma resenha aqui para o blog... Vamos hoje falar sobre o livro Não espere pelo amanhã da autora nacional Josy Stoque, que escreveu também Insensatez, Puro êxtase, Eu nunca, Os quatro elementos, Estrela e Prometida, que faz parte de Os quatro elementos. Não espere pelo amanhã foi publicado pela Editora Qualis, na qual vocês poderão adquirir o livro se interessarem, mas antes de começar a falar sobre este livro gostaria de avisar que ele é para maiores, já que possui cenas fortes e muita sexualidade envolvida. Então depois de todos os alertas que eram preciso, vamos ao que interessa? 

   Evelyn era da Marinha, porém com seu desejo em virar uma espiã entra para a Abin, uma agencia brasileira, e sua primeira tarefa é observar um estado-unidense que trabalha na CIA, Samuel Black, e ver o que ele está fazendo aqui no Brasil, porém Evelyn não é nada discreta e possui um coupe vermelho o que a deixa mais e mais vista em sua perseguição a Samuel, que logo percebe. Decidido a acabar com a graça daquela mulher que tanto o atrai, pois era muito bonita ele para seu carro próximo a uma favela e vai até lá, o que faz com que Eve precise ir atrás dele.
   Na favela, quando estes se encontram, uma mistura da ódio e atração os persegue, já que em sua luta, Sam e Eve, não conseguem deixar de lado a atração que sentem, mas esta atração vai muito além do que se imagina, pois em sua briga os dois (como o livro é narrado nas duas perspectivas conseguimos enxergar o que os dois estão pensando) tem aquela vontade de ficarem colados uns nos outros, porém como inimigos isso os atrapalha em sua luta. Depois desta luta Samuel impõe que Eve não mais o siga e este ao voltar a seu apartamento percebe que haviam câmaras de escuta e gravadoras por todo ele.
   Ao mesmo tempo que temos todo este envolvimento, Samuel recebe uma ligação - logo no começo do livro - que informa que algo de ruim está para acontecer no Brasil, porque a Copa está sendo lá e que é nas finais que isto ocorrerá. Ao escutar essa informação Eve faz uma ligação para um amigo policial, Carlo, que além de ser seu amigo é quem ama Eve, porém a quem ela só vê como uma amizade e nada mais. Nesta ligação Eve informa que algo de errado está para acontecer e com isso Carlo sempre tenta ajudar Eve. 
   Com a relação de atração e ódio, certo dia, Samuel invade o apartamento de Eve, que havia roubado um pen drive com informações importantes da CIA, e nesta invasão os dois acabam brigando mais uma vez, no entanto aparece alguém e quando Eve vai lutar com essa pessoa acaba se dando na pior o que faz com que Sam a salve e a leve para fora daquele apartamento, pois ela corria muito perigo lá. Depois deste dia Sam e Eve são procurados pela polícia cada vez mais, o que dificulta os dois a ajudarem o país. O que vai acontecer? Eve e Sam ficarão juntos, mesmo tendo um ódio do outro? E é com essas perguntas que eu finalizo o breve resumo deste livro.
   A escrita da Josy é muito envolvente, pois nos deixa na vontade de ter um romance como os dos personagens principais e cada um dos personagem tem suas características o que deixa ainda mais emocionante a história. O livro tem uma fonte razoável, pois na parte do Sam ela fica boa, mas chega na parte da Eve acaba sendo uma letra um tanto quanto pequena e em itálico o que não facilita muito. Tirando isso as folhas são em papel amarelado o que deixa a leitura mais confortável. Em relação a nota eu dou 4,5 de 5 por  conta destes quesitos. Beijinhos e até amanhã!


Comentários