Pular para o conteúdo principal

[RESENHA] Um de nós está mentindo - Karen M. Mcmanus

   Fala aí galerinha! Como estão?
   Espero que tenham tido um ótimo Dia das Mães e que também puderam por as leituras em dia. Eu, consegui concluir uma leitura e isso já é grande coisa, porque agora na semana tenho mais outras, porém tudo relacionado ao meu curso. Hoje trago uma resenha que estava ansiosa para fazer, já que este livro é recente e eu estava super ansiosa para ler. Vamos lá?
   Cinco estudantes estavam em seus dias normais na escola, até que o Sr. Avery, professor mais ultrapassado do colégio, descobre celulares em suas mochilas e coloca todos eles em detenção. É na detenção que vamos conhecer Simon, Bronwyn, Nate, Cooper e Addy. Simon é criador do site Falando Nisso, que têm todos os segredos dos estudantes daquela escola. Bronwyn é filha de pais bem sucedidos e uma das melhores estudantes da escola, já está até com ótimas escolhas para a faculdade que virá no ano seguinte. Cooper é jogador de basebol, um dos melhores arremessadores e tem vários olheiros querendo este em seu time. Nate é vendedor de drogas com um pai bêbado e uma mãe ausente e drogada. Addy uma das patricinhas da escola, namorada de Jake e está no grupinho mais famosinho da escola por conta de seu namorado.
   Bem, quando estes chegam à detenção são colocados a fazerem uma redação manuscrita, porém uma batida entre dois carros acontece e chama a atenção de todos. O Sr. Avery sai então da sala e vai rumo aos carros para que veja se está tudo bem, mas algo de estranho acontece, os dois carros assim que causam o tumulto vão embora sem nem mesmo uma discussão. Enquanto isso Simon, Bronwyn, Cooper, Nate e Addy, ficam conversando sobre a estranheza dos dois carros que acabaram de bater e neste momento Simon decide tomar água e começa a ter um ataque de alergia.
   Todos preocupados tentam ajudar Simon, Nate então pede que alguém busque uma caneta, caneta esta que serve para alergias e não uma caneta convencional, e enquanto Cooper tenta encontrar a caneta Bronwyn liga para a ambulância. Em meio a toda correria Cooper se depara com a sala médica da escola, porém lá não existem nenhuma caneta para Simon e este volta apressado para dizer que não encontrou nada e no momento que chega na sala a ambulância já está lá levando o garoto ao hospital.
   Bronwyn, Nate, Cooper e Addy voltam para suas casas e são informados, algumas horas depois, que Simon faleceu e que a família dele está buscando quem foi que matou Simon. No começo os quatro alunos são considerados inocentes e dão informações para a polícia, porém uma postagem no Tumblr acaba mudando a vida de todos lá e passam a serem considerados assassinos.
   O livro conta de uma maneira muito empolgante a história dos jovens, que são pegos para um assassinato, que realmente não sabem o que aconteceu e quem está mentindo. A autora Karen M. Mcmanus consegue de maneira esplendorosa convencer o leitor a ficar no livro desde o seu começo, porém o que você imagina ser apenas mais um livro de suspense, se mostra por outros caminhos que são o romance e que você sempre estará errado, porque ela nos leva a pensar que cada um pode ser o assassino até personagens que vão sendo inseridos na história no momento em que vão se dando mais investigações.
   Confesso que toda a leitura me atraiu demais e o título do livro nem se fala, porque quando lemos pensamos apenas nos 4 jovens e não nos personagens que vão fazendo parte de toda esta história. A capa também está maravilhosa! E sua diagramação também, porém em alguns momentos o trabalho do revisor foi deixado de lado, já que percebi alguns erros que não eram para estar lá. De todo o resto super recomendo o livro e indico este a todos!
   Espero que tenham gostado da resenha e peço desculpas pelo horário da postagem, porque antes tive que resolver uns problemas e tudo ficou para tarde demais. Bem, se você por acaso já leu este livro deixa aí o seu comentário que vou adorar conversar e se não leu quais são as expectativas que está criando? Beijinhos e nos vemos amanhã <3.
   

Comentários