Pular para o conteúdo principal

[RESENHA] As Crônicas de Nárnia - C. S. Lewis

   Fala aí galera!!!! Tudo bem com vocês?
   Espero que sim e que tenham aproveitado muito esse tempo que se passaram os feriados e o comecinho do ano para ler, confesso que pude aproveitar bastante e que trarei muita coisa nova aqui para o blog! Hoje o livro que vou resenhar para vocês aqui no blog, como todas segundas, é o volume único de As Crônicas de Nárnia. Vocês devem estar se perguntando se vamos falar de tudo não é mesmo? Então a resposta é sim vamos falar de cada detalhe, mas não tão detalhado, porque se não esta resenha vai ficar muito grande assim como o livro.
   As Crônicas de Nárnia é dividido em sete livros: O Sobrinho do Mago, O leão, a feiticeira e o guarda-roupa, O cavalo e seu menino, Príncipe Caspian, A viagem do peregrino da alvorada, A cadeira de prata e A última batalha. Vamos começar falando que a criação de Nárnia foi esplêndida e a mesma foi descoberta em seu momento de criação, já que a criação não é tão diferente das aventuras que acontecem no livro. Ao mesmo tempo em que a feiticeira é colocada lá, fazendo uma enorme confusão com a criação de Nárnia. Para chegar em Nárnia eles, o sobrinho do mago e sua amiga, se utilizaram de anéis das cores verde e amarelo (sendo que um é para a ida e o outro para a volta), sendo assim temos uma breve história da criação de Nárnia.
   Anos depois quando Lúcia, uma jovem garotinha, estava brincando acaba se escondendo em um armário de um quarto na casa de seu tio e é levada a Nárnia e assim que todas as aventuras dos quatro irmãos começaram. Lúcia, Edmundo, Suzana e Pedro serão os reis de Nárnia, mas nada será fácil, pois terão de lutar com a feiticeira e outras situações que ameaçarão o fim de Nárnia.
   “O livro é excelente, mesmo que em alguns momentos seja cansativa a narrativa e tenha me deixado com preguiça de continuar, mas até o fim tudo melhora. Os personagens são bem construídos o que nos faz ficar mais entretidos principalmente quando as quatro crianças estão em Nárnia, porém em alguns momentos aparecem o primo delas e ele é um pouco esnobe e arrogante, deixando assim muito mais complicado. Recomendo o livro a todos!”
   Espero que tenham gostado da resenha bem curtinha, pois não decidi falar cada uma dessas histórias. Beijinhos e até a próxima!

Comentários