Pular para o conteúdo principal

[FALANDO SOBRE FILMES] Death Note

   Fala ai galera, como estão?
   Espero que todos bem. Hoje vamos falar do filme Death Note que foi feito pela Netflix e que trouxe mais uma visão do que seria esse livro da morte. Lembrando que como não assisti ao anime e como não gosto de fazer o famoso filme versus anime, estarei apenas falando minha opinião a respeito do filme que assisti. Então caso não gostaram ou tem outra opinião comente já que aqui estamos abertos a conversas e sempre lembrando que cada pessoa é única e que suas opiniões podem variar, basta que aceitemos todas. Vamos então ao falando sobre o filme Death Note?
   Death Note vai contar a história de Light, um garoto bem quieto, que passa colas para outros estudantes, problemático de sua maneira de agir e em alguns momentos bem teimoso. Porém o foco da história não é somente nas questões de um adolescente, mas sim de suas decisões a partir do momento em que este encontra um caderno preto com os escritos Death Note (ou Caderno da Morte). 
   O Death Note não é um simples caderno, mas um caderno no qual quando o portador escreve um nome e sua causa da morte aquilo ocorre realmente. 
   Sendo assim Light por se tornar um dos portadores daquele valioso objeto começa a compreender suas regras que são muitas e começa a ver também um monstro Ryuk, que foi o criador do caderno e o qual não facilita nenhum dos trabalhos já que para ele o que importa é que mortes aconteçam. 
   A única regra que somos bem informados por este ser é que quando o seu portador fica durante 7 dias sem utilizá-lo o caderno volta a ser de Ryuk até que ele ache um novo portador para aquele difícil trabalho de matar pessoas.
   Por conta desses detalhes e por não conseguir manter o caderno em segredo eterno Light vai contar para uma de suas novas colegas Mia Sutton, uma garota apaixonada pelos esportes e quem vai ajudá-lo a escolher quem matar e quem também vai causar muitos problemas.
   O foco do filme é em torno das escolhas das mortes e o que isso gera perante a sociedade em que está sendo realizado os acontecimentos, tanto que a polícia acaba sendo envolvida neste mistério já que as escolhas são bem específicas.
   Confesso que achei o filme bem interessante e que mostrou muito o desenvolvimento de como que seriam os pensamentos dos jovens quando colocados em situações bem complicadas, já que ser uma pessoa que tem que matar mesmo que não com as próprias mãos alguém tem que ser bem explicado os motivos da decisão de matar. 
   As únicas coisas que me incomodaram no filme foi o Ryuk não aparecer na luz do sol, ele parecia um personagem das sombras, então o efeito de ser um personagem que aparece com frequência fica muito estranho que quando ele aparece todas as luzes se apagam mesmo que de dia. Outra coisa que me deixou incomodada foi a velocidade do filme, pois em um momento estamos conhecendo os personagens e os motivos do caderno e no outro a história já foi resolvida na maior velocidade e acabou, então algumas partes ficaram rápidas demais e não deixava que entrássemos tanto na história que era desenvolvida.
   Recomendo então para aquelas pessoas que gostam de um filme que tem um certo romance e um caso de mistério no ar para ver como que essa trama irá se desenvolver até o final, que pelo o que pareceu não será neste primeiro filme. 
   Espero que tenham gostado, se quiserem falar sobre ele deixem aí nos comentários que vou amar poder ouvir a opinião de vocês. Não se esqueçam também de nos seguir nas nossas redes sociais para ficarem sabendo sempre das novidades que vem por aí, beijinhos e até amanhã.

Comentários