segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

[RESENHA] A Seleção – Kiera Cass

   Olá pessoal! Tudo bem com vocês?

  Hoje trago a resenha do primeiro volume da trilogia A Seleção, escrita pela autora Kiera Cass. “Uma seleção e trinta e cinco garotas para concorrer a um lugar ao lado de Maxon, pode isso ser tão atraente? Não para America!” T.P
   Divididos em 8 castas, temos um sistema que não é ao todo bom, pois as castas menores na qual denominamos como 6, 7 e 8 sofrem de fome e falta de higiene. America Singer é uma exímia cantora da casta de artistas (casta 5), tem apenas 16 anos e tem a grande oportunidade de fazer com que seus familiares subam de casta e ganhem dinheiro para sobreviverem, mas como ela fará isso? Sim, basta somente que ela se inscreva para a Seleção, que levará 35 garotas das mais variadas castas para uma experiência de vida no castelo, porém temos ai o envolvimento de Aspen, um jovem da casta 6 que se encontra às escondidas com America.
   Aspen, no entanto, pede que America se inscreva para participar da seleção e assim fazer o que sua mãe tanto quer, pois sabe que assim como ele America precisa do dinheiro e que não queria que ela perdesse a única chance que poderia ter para conseguir melhorar de vida. Aceitando ao pedido de Aspen, America e sua mãe vão para a primeira seletiva, na qual todas as moças teriam que tirar uma foto, para que assim fossem escolhidas e sem querer America se depara com a mãe e com as duas irmãs de Aspen, que assim como ela queriam ter a chance de concorrer.
   Conversa vai conversa vêm a mãe de Aspen, acaba dizendo algo que deixa America super feliz o que a faz tirar a melhor foto que poderia se querer naquele momento, já que ela não pretendia continuar na disputa. Terminado este dia todos estavam ansiosos para o jornal de televisão local que mostraria as escolhidas, então como um filme a família de America se reuniu no sofá com um enorme balde de pipocas e acompanharam cada escolha até que finalmente o nome de America (America Singer) é dito em alto e bom tom.
   Para a infelicidade de America tudo começa a mudar há uma velocidade exorbitante, o que a deixa não pensar em o que fazer e como ficará longe de Aspen, porém como prometido tentaria da melhor maneira possível competir com as demais.
   No dia de sua partida tudo ocorreu muito rápido e com muito desanimo America fez o que todos esperavam e foi de avião até o castelo e lá não imaginava o mundo como tudo ocorria e das tantas normas que não poderia quebrar para que tudo ocorresse como o combinado.
   America tem a vida transtornada após ser escolhida como uma das trinta e cinco garotas escolhidas, porém não é igual a nenhuma delas e com apenas algumas conversas consegue que todos a amem inclusive Maxon, o príncipe, que vê nela uma amiga para todas as horas!
   Ao terminar de ler este livro simplesmente me deparei com a situação de que preciso logo do segundo volume e assim por diante. O que mais me atraiu foram as discussões e como America é mais durona e muito decidida quando quer, chegando a impressionar todos, se tornando então uma forte concorrente! Recomendo este livro a todas as meninas! Sim, as meninas e mulheres, pois acredito que este livro, possa nos mostrar a outra face dos contos de fadas com uma trama surpreendente e envolvente. Por ser um pouco mais meloso em algumas partes, acredito que os homens e rapazes possam achar o livro um pouco cansativo e muito voltado ao publico feminino, mas claro que se quiserem ler sintam-se a vontades!
   Espero que tenham gostado! Deixem nos comentários sua experiência com esse livro caso já tenham lido :D Beijinhos e até à próxima! Tchau ^^.

Nenhum comentário:

Postar um comentário