segunda-feira, 19 de outubro de 2015

[RESENHA] O Turno da Noite – André Vianco


   Olá amores! Como estão?
   A postagem de hoje é de mais um livro do autor André Vianco, que conquistou um espaçinho no meu coração, o livro é O Turno da Noite e não! Não é apenas o primeiro volume e sim os três juntos, que torna o livro imenso com 918 páginas (acreditem!). Este livro, assim como, A Casa reúne uma quantidade enorme de personagens e por isso citarei apenas os principais que são apenas 5 (Ok os outros também são muito importantes, mas para não dar spoiler para quem ainda não leu os três livros vou falar somente dos 5 principais).
   Ignácio é um vampiro que tem mais de 600 anos e tem um objetivo muito peculiar, porém para conseguir o que quer ele precisará da ajuda de mais vampiros, então na procura se encontra com 4 vampiros recém formados por seu parente Sétimo: Patrícia, Raul, Alexandre e Bruno.
   Esses quatro jovens, não gostam da ideia de tomar o sangue humano, então para conseguir trazê-los para O Turno da Noite Ignácio convence dizendo que o Turno da Noite tem como objetivo matar pessoas ruins, que fazem mal ao resto da sociedade e que não merecem viver. Com esta ideia ele convence a todos e também os leva para uma vida repleta de luxúria e bolsas de sangues, além é claro das pessoas “más”.
   Em toda a trama vamos descobrindo o que Ignácio realmente planejava com toda essa equipe, porém ele acaba sendo decepcionado pela mesma, por causa de algumas interferências causadas pelos anjos e pelo vampiro Samuel.
   Outro ponto bem interessante que nos surpreende desde o começo, pois não percebemos a entrada de tal personagem, é Calíope a linda e maravilhosa Calíope, uma mulata de lábios vermelhos, que possui uma estória bem intrigante, qual me cativou e senti muita falta quando terminou de contar a estória de sua vida.
   Mais um personagem bem marcante é Brites, o policial, que quer acabar com todos os “infectos”, porém ao conhecer uma vampira bem experiente acaba deixando levar, mas não tão facilmente quanto podemos imaginar.
   E por fim um último personagem que faz a trama toda girar ao seu redor Jó, sim o mesmo Jó da fala “essa pessoa tem a paciência de Jó” e com toda a certeza o autor usou disso para que as pessoas entendessem um pouco mais do personagem que é muito poderoso, será que posso considerá-lo um Deus?

“O que dizer sobre esse livro... Um livro bem intrigante e que me fez refletir e viver numa sociedade com as mais diversas espécies vampiros, zumbis, anjos, fantasmas e até curupira. Um livro brilhante que podemos tirar muitas ideias e também relacionar a muitas crenças, até nos deixa sem palavras de tão bom que é, porém nem tudo são as mil maravilhas, algumas partes são um pouco cansativas, mas passam bem rápidas. Para finalizar digo que recomendo demais esse livro para todos (realmente todos!), pois é um livro que vocês tem que ler para entender esses sentimentos e sentir as emoções, além de no final termos aquele gostinho de quero mais!.”

   Espero que tenham gostado, se leram me digam o que acharam nos comentários, além de se já tiverem lido não esqueçam de deixa sua opinião nos comentários também, beijinhos e até a próxima *-*!.


Nenhum comentário:

Postar um comentário