Pular para o conteúdo principal

O Cortiço - Aluísio de Azevedo



   Pessoal, para começar a resenha quero dizer que o livro é um pouco complicado, pois a quantidade de personagens é enorme, então apenas falaremos dos mais importantes.
   Para começo da resenha vamos falar de João Romão, o dono de uma venda e também quem havia criado o cortiço, e Miranda, um morador novo por aquela área e futuro comentador.
   No início estes estão sempre a brigar, pois Miranda queria a outra parte do terreno que era de João Romão e que se localizava atrás de sua casa, mas Romão não queria vendê-lo, então eles começam a entrar em conflitos.
   Com o passar do tempo Miranda vê o cortiço crescer rapidamente, então acaba ficando bravo, por causa das lavandeiras que viviam a cantar.
   Mudando o foco do início, Aluísio de Azevedo fala sobre Pombinha, uma linda menina que ainda não havia amadurecido, mas após isto acontecer casa-se e vive infeliz. O que a fez virar prostituta junto com Leonie, sua colega".
   Após isto aparece Rita Baiana, uma mulata que atrai todos os homens do cortiço, principalmente Jerônimo que é casado com Piedade e que trabalha na pedreira do cortiço.
   Um dia em uma das rodas de dança Firmo, amante de Rita, bate em Jerônimo que fica machucado e que também junta vários capangas, após sair do hospital para matar Firmo. E neste mesmo tempo o cortiço entra em confronto com os Cabeças de Gato outro cortiço que queria a área para ampliar seu cortiço.
   Bem, aqui se encontra o fim da resenha, pois se continuarmos estragaremos o livro. Recomendo a todos, o livro é interessante mesmo que seja em alguns momentos cansativo. 




Comentários

  1. Eu lembro que li o livro na escola e odiei! HAHAHAHA Não há maneira melhor de matar uma obra do que entregá-la para quase crianças e impedi-las de contestá-la.
    Mas quando eu vim a ler um pouco mais pra frente, me pareceu razoável.
    Beijos.
    Amor, Ana.
    P.S.: Seu blog é uma graça, estou seguindo.

    http://quemprecisaviver.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu o li na escola e foi uma das melhores experiências que tive, incluindo o retrato de dorian gray *-*
    muito bom seu post.
    beijos

    Amy - Visite o Macchiato

    ResponderExcluir

Postar um comentário