Pular para o conteúdo principal

[RESENHA] It - Stephen King

   Fala aí galera! Tudo bem com vocês?
   Espero que sim e que tenham aproveitado esta terça para ler bons livros e conseguir fazer tudo que planejaram para o dia. O meu dia foi produtivo sim e tenho novidades, que é o canal vai voltar e com muitas diferenças! Hoje então além de preparar muitas novidades vim aqui para falar com vocês sobre o livro It e sim vou dar minha opinião completa aqui para vocês.
   It começa na cidade de Derry em 1957, na qual um garotinho, George, irá pedir ajuda para o seu irmão, Bill, para a criação de um barco de papel e então quando este o leva para brincar na chuva o barco desaparece e o garotinho também. Sendo assim é com este início que somos apresentados ao mundo de It. 
   Narrado em uma temporalidade variante, de 1957-58 e 1984-85 somos levados a conhecer a história de 7 garotos, Bill, Stan, Richie, Mike, Eddie, Ben e Beverly, em uma incrível missão, pois após a morte de George e de várias outras crianças no ano de 1957-58 tudo que estes tem para fazer é encontrar o que anda matando muitas crianças e adolescentes por toda a cidade.
   Então eles já adultos, após um telefonema de Mike, começam a se lembrar de uma promessa e voltam, não todos, para Derry, já que segundo Mike a coisa havia retornado. É com esta promessa que os agora 6 adultos irão enfrentar a coisa novamente.
   Chegando na cidade eles se deparam com um lugar totalmente diferente das suas infâncias e sendo assim a memória que tanto precisam para combater o mal da cidade não é algo que vai acontecer tão rapidamente, pelo menos era o que se pensava. Após a noite da chegada de Bill, Richie, Eddie, Ben e Beverly eles se juntam para um almoço em um lugar até então desconhecido pela maioria. Neste lugar pedem suas comidas e se relembram de cada um, com isso acabam criando uma roda de contar histórias, pois cada um estava em uma vida bem diferente do que se imaginava.
   A roda foi bem eficiente para cada um saber o que havia de novo acontecendo na vida de cada um deles, mas após esta passagem todos retomam o assunto que até então permanecia calado. O pouco que conversaram foi extremamente suficiente para que a coisa entrasse na mente deles e quando estes iam comer começaram a ter alucinações, ou pelo menos era o que se pensava e é neste ponto que as lembranças começam a assombrar cada um deles.
   Terminado o almoço todos se separam e vão cada um em um lugar no qual gostariam de rever e assim cada um lembra de mais alguma coisa e a coisa continua assumindo suas mentes para que então eles tenham grandes problemas. É chegado então o final da tarde e nesta eles se reúnem novamente para discutir suas lembranças e é aí que as coisas ficam muito estranhas.
   "Este livro é realmente um terror psicológico, porque nos deixa intrigados e cada vez mais tentando entender o que o autor quer passar e isso entra de uma certa maneira, que em vários momentos podemos sentir o medo dos personagens na nossa pele. Sim, Stephen King tem uma escrita magnífica e cada vez me surpreendeu mais com o seu pequeno calhamaço! Além dessa conectividade brilhante que nos faz querer mais e mais ele consegue fazer com que o personagem, coisa, vire uma dúvida até mesmo para nós que estamos lendo, pois a todo momento nos sentidos dentro de um personagem e assim como eles vamos compreendendo tudo que aconteceu aos poucos. Confesso que me surpreendi demais com essa leitura e não teria outra maneira se eu não recomendasse para vocês, ou seja, leiam!"
   Agora no quesito diagramação eu adorei como a Suma fez, pois se pensasse em fazer dois livros não daria o menor gosto já que a história é super bem entrelaçada. Outra coisa que adorei foi a capa com os jogos de branco, vermelho e preto na forma de um palhaço que ficaram lindas e as folhas são amareladas! Isso só contribuiu para a leitura. E a fonte está ótima e o tamanho muito bom, pois se colocasse maior além do livro duplicar de tamanho ficaria bem difícil de ler esse calhamaço, ou seja, a editora está de parabéns com a sua edição.
   Bem galera e por hoje é só, espero que tenham gostado e que não se cansem de ler esse pequeno resumo, que não é tão pequeno assim, mas que se for ver para um livro de 1104 páginas consegui fazer algo bem detalhado, mas curto. Beijinhos e nos vemos amanhã ;*.

Comentários