Pular para o conteúdo principal

Sangue Quente – Isaac Marion

Foto site: http://www.hellostar.org/
   Boa Noite pessoal! Tudo bem com vocês?
   Depois de alguns dias que não consegui vir postar, por alguns problemas pessoais estou finalmente voltando para dar toda minha atenção para vocês *-* e para começar nada melhor do que uma resenha! 
   Sangue Quente é um livro narrado por R, um zumbi...

   “Oi, eu sou um zumbi e isso não é tão ruim assim. Me desculpe por não poder me apresentar direito, mas não me lembro do meu nome, nenhum de nós se lembra. Também nos esquecemos de nossos aniversários e das senhas do banco. Acho que meu nome começava com R. É engraçado, porque, quando era vivo, vivia me esquecendo do nome dos outros. Estou descobrindo que esse tipo de ironia está muito presente na vida dos zumbis, mas é difícil rir quando mal consigo falar.” – R – Capa de trás do livro.

   Sim esse livro é um pouco diferente dos que já resenhei para o blog, mas vamos lá. Sangue Quente mostra que ser um zumbi nem sempre é o que parece... corpos perambulando pensando o tempo todo em “cérebros”, mas sim que um zumbi pode se modificar quando encontra um amor.
   Certo dia R, fora caçar humanos e após ver ela ficou simplesmente apaixonado e a salvou de seu fim. Neste dia havia comido um rapaz, mas não sabia quem era até que ao comer seu cérebro descobriu que era Perry, o namorado dela. Para quem está curioso o nome dela é Julie, uma menina um pouco diferente, mas muito especial. E sim, eles podem reviver a vida da pessoa quando comem seu cérebro... Ao reviver os pensamentos de Perry, descobre muito sobre Julie e assim acerta quando leva ela para comer, no dia seguinte ao de salvá-la.
   Julie não aceita de primeira e tem medo que aconteça alguma coisa, mas assim que R conversa com ela, eles se tornam amigos. Porém ela precisa voltar porque se não seu pai irá atacar todos os zumbis... e é assim que tudo acontece. R muda completamente, já não sente aquela vontade de comer os humanos e Julie, percebe essa diferença.
   Certo dia R começa a ouvir vozes, que são de todos os cérebros que havia comido, um principalmente o de Perry, e eles conversam, pois Perry diz que há um jeito de salvar todos da “praga” e então R começa ver o que estava acontecendo e como esse amor entre ele e Julie poderá ajudá-los.

   “Sangue Quente é um excelente livro, concordo que no começo não achei muito empolgante, mas foi só porque não tinha interesse em um zumbi falando do que não conseguia fazer, mas depois tudo mudou. Amei o R, ele é um zumbi muito fofo e muito legal, diferente do que sempre imaginamos se falando de zumbis. Por isso, recomendo esse livro a todos e espero que gostem assim como eu.” T.P

   Espero que tenham gostados e tenham uma ótima leitura.!

Comentários