Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Inspiração...

Olá meus amores como estão?    No post de hoje teremos uma reflexão sobre inspirações, o que tem realmente me feito parar para pensar no que realmente gosto e no que realmente quero e como farei.    O blog surgiu há dois anos com o intuito de eu conseguir mostrar para todos o meu amor pela leitura que só vem crescendo no decorrer dos anos. Percebi que gosto de me organizar e postar, mesmo que não todos os dias, um pouco desse meu amor e assim após dois anos de muito tentar acho que consegui minha meta!     Temos muitos inscritos, claro que gostaria de possuir mais, mas os que estão aqui hoje no blog são quem fizeram ele crescer da maneira que cresceu. Não posso me esquecer dos autores e de Editoras que nos fazem crescer ainda mais com a disponibilização de conteúdo, pois muitas vezes nós blogueiros ficamos sem assunto para conversar com os leitores, aí quando recebemos um e-mail que nos faz poder criar é muito importante.    E é assim que digo que inspiração é tudo para quem tem um obj…

Um Gato de rua chamado Bob – James Bowen

Olá pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje temos mais uma resenha de um livro que li no ano passado e que acabei deixando a resenha pronta como várias outras e espero que consiga colocá-las todas *-*... Vamos então a resenha :D.    James é um homem que tem problemas com drogas e deixou sua família, por sua madrasta não aceitá-lo. Desde sua infância tudo estava diferente e não tinha muitos amigos, pois mudava cada vez mais de lugar, primeiramente foi para Austrália e depois voltou para Londres e voltou para Austrália já quando sua mãe havia se separado de seu pai e por lá passou sua adolescência. Cansado de tanta mudança resolveu voltar para Londres e tentou morar na casa de sua irmã, porém o namorado dela não deixou ele ficar lá. Já na Austrália ele havia começado com as drogas e agora sem lugar para morar passou a morar na rua.    Depois de muito tempo, conseguiu tomar um rumo e tocava violão nas áreas de Londres que se permitiam. Até que um dia voltando de um passeio com sua amiga Belle…

De Tudo um Pouco... 4

Olá pessoal tudo bem com vocês?    Hoje para mostrar as várias novidades para vocês começaremos com uma entrevista super curtinha do Grupo União dos Autores e depois vamos as novidades das Editoras *-* (em um post que sairá amanhã *-*).    Pergunta: Que conselhos você daria para quem está iniciando a carreira de autor?    R: Bom, primeiro de tudo, tenha persistência e muita vontade de trabalhar. Leia e estude bastante, revise seu texto e se possível procure sempre a ajuda de profissionais.
   Pergunta: Qual o gênero/estilo você escreve?     R: Romance de Fantasia.    Link para compra: http://modoeditora.com.br/loja/romance/morgana-e-charles-pre-venda-em-ate-20-dias-uteis    Pergunta: Que conselhos você daria para quem está iniciando a carreira de autor?    R: Escreva, escreva e escreva. Se esse for seu sonho faça-o se realizar, e nunca, nunca desista mesmo que aconteça ou o que digam algo em relação a esse dom que não é valorizado no Brasil.
   Pergunta: Qual o gênero/estilo você escreve?   …

Isso não é Normal! Contos e Crônicas do Absurdo - Rô Mierling

Uma análise da vida real e uma pitada de ficção é o que encontramos no livro da autora Rô Mierling. Com base em fatos reais a autora nos passa através de Contos e Crônicas histórias do mais variados gêneros, que nos capturam por serem muito semelhantes a nossas vidas! São 23 Contos e 13 Crônicas, que abordam temas como violência, romance, primeiros beijos, amores e muito mais.
   “Eles andavam sempre juntos, amigos de verdade. O que ela sentia por ele era diferente de tudo que já havia sentido por qualquer outra pessoa.” – Amizade Colorida..
   “ Esse problema psicológico é sério e deve ser respeitado e tratado e se é citado nessa crônica jamais o é por desprezo e sim por ampla consideração da seriedade dessa doença.” – Cidade Bipolar.
   Não tenho palavras para dizer o quanto o livro é bom e de uma maneira que até as pessoas que não costumam ler podem apreciar. Sua escrita fácil e com um pouco de ironia, o que nos deixa mais interessados no que possa acontecer em cada pedacinho de …

Coluna: No calor do Momento...

Olá amores! Tudo bem com vocês?    Hoje na coluna No calor do Momento teremos uma música mais romântica e um pouco melosa, pois o meu dia esta mais ou menos assim e porque também amo essa música ^^.

   "Let me hold you    For the last time    It's the last chance to feel again    But you broke me    Now I can't feel anything
   When I love you    Rings so untrue    I can't even convince myself    When I'm speaking    It's the voice of someone else"
   Espero que tenham gostado e até a próxima *-*

TAG: Família Literária

Olá amores! Tudo bem com vocês?    Estava procurando uma TAG para fazer aqui no blog e até então não sabia o qual fazer até que por ironia do destino achei um blog chamado Livros e Chimarrão que fez a TAG Família Literária e adorei, então decidi trazer a TAG aqui para vocês *_*. Não sei quem criou a TAG e se vocês souberem deixem nos comentários para eu dar os devidos créditos... Então vamos explicar como que faz essa TAG... Para se ter uma família literária precisamos de alguns personagens principais: avô, avó, pai, mãe, irmão(s) e marido, como um acréscimo dado pela Ana Paula do blog Livros e Chimarrão. Vamos então as minhas escolhas...
   Avô
   Essa eu vou colocar o mesmo que a Ana, pois não tem como não escolher o Alvo Dumbledore de Harry Potter, ele seria um avô perfeito *-*.







   Avó 
   Nana do livro Um Homem de sorte ela é muito fofa e seria uma excelente avó :D.


   Pai
   Poseidon de Percy Jackson, pois adoraria ser uma filha de um deus ... Hahaha








   Mãe

   Amma de Dezesseis Luas qu…

Sangue Quente – Isaac Marion

Boa Noite pessoal! Tudo bem com vocês?    Depois de alguns dias que não consegui vir postar, por alguns problemas pessoais estou finalmente voltando para dar toda minha atenção para vocês *-* e para começar nada melhor do que uma resenha!     Sangue Quente é um livro narrado por R, um zumbi...
   “Oi, eu sou um zumbi e isso não é tão ruim assim. Me desculpe por não poder me apresentar direito, mas não me lembro do meu nome, nenhum de nós se lembra. Também nos esquecemos de nossos aniversários e das senhas do banco. Acho que meu nome começava com R. É engraçado, porque, quando era vivo, vivia me esquecendo do nome dos outros. Estou descobrindo que esse tipo de ironia está muito presente na vida dos zumbis, mas é difícil rir quando mal consigo falar.” – R – Capa de trás do livro.
   Sim esse livro é um pouco diferente dos que já resenhei para o blog, mas vamos lá. Sangue Quente mostra que ser um zumbi nem sempre é o que parece... corpos perambulando pensando o tempo todo em “cérebros”, m…

O Código Da Vinci - Dan Brown

Robert é um famoso historiador e está fazendo palestras em Paris, porém certo dia um policial vai a seu apartamento para avisar que Fache, o diretor da polícia francesa está a sua procura, para que possa ajudá-lo a descobrir a causa da morte de Saunière, o famoso padre que ele deveria ter ido encontrar naquele mesmo dia.    Não era somente pela ajuda que Fache queria conversar, queria também fazer com que Robert assumisse que matou o padre, o que não era verdade. Após ver a foto do padre morto Robert repara que há uma mensagem e após ver o corpo pessoalmente descobre que realmente ele queria dizer alguma coisa.    Após algum tempo de conversa Collet, um dos guardas, fala que uma pessoa da polícia jurídica está lá, mas Fache não quer interrupções então fala para ela aguardar só que Collet, não consegue segurá-la e assim Sophie Neveu aparece no interrogatório que Fache está fazendo com Robert. Para conversar com Fache, Sophie avisa Robert que ele tem uma mensagem da polícia do seu pais…