terça-feira, 24 de junho de 2014

SagradoS – A Aliança de Maria Madalena – Anaté Merger

   Sinopse: Paris. Um professor da Sorbonne é assassinado e o objeto que ele guardava desaparece. Marselha, três anos depois: uma expedição arqueológica chega à Provença para tentar descobrir se Maria Madalena teria mesmo desembarcado com outros apóstolos na região, como diz a lenda. Os dois fatos inéditos alertam os sagrados, anjos que receberam um corpo para que pudessem sobreviver na atmosfera terrestre desde que começou a Guerra dos Imortais. Eles são os guardiões do segredo que Maria Madalena trouxe da Palestina em uma bagagem extramente preciosa. Entre seres extraordinários, cenários de sonho no sul da França e muita magia, Diana, Anne, Thérèse e Nina vão se encontrar. Cada uma tem uma missão que por enquanto elas mesmas desconhecem. Descobrir qual é o papel delas nessa aventura e se elas vão estar à altura do desafio é apenas o primeiro passo desse caminho cheio de surpresas e emoção que começa com o primeiro livro da série SagradoS - A Aliança de Maria Madalena. 

   Boa Tarde pessoal! Tudo bem com vocês?
   Hoje após algum tempo sem criar postagens, de novo, trago para vocês uma resenha do livro SagradoS, que trata dos temas: religião e história. Fazendo com que assim ele se pareça com os livros do Dan Brown, que eu realmente acho bem interessante rsrs.
   SagradoS nos primeiros capítulos temos a morte de um importante professor de faculdade Gilles Sartre, um Eleito, que gera uma pesquisa enorme para os Sagrados, pois era ele quem comandava tudo. Deixando, Gilles, algumas opções para quem será o próximo ou a próxima eleita começam a acontecer muitas pesquisas, sendo assim os sagrados tem como dever procurar quem são estas pessoas e propor testes, para assim decidir quem será o Eleito.
   Ao mesmo tempo que isto ocorre temos algumas outras estórias sendo descritas, o que deixa o livro um pouco mais confuso, pois percebemos de forma um tanto brusca esta mudança, o que para mim deixou um pouco a desejar, pelo fato de que são misturadas estórias de mais de três personagens principais (Luc, Anne, Thérèse e Nina).
   Três destes personagens ainda não conhecem seu destino, Nina, Anne e Thérèse, mas no decorrer do livro vamos prestando atenção aos detalhes que são necessários para colocá-las no momento certo em cada uma de suas missões. Anne é a mais citada, pois ela é uma jornalista e está fazendo uma cobertura nas escavações da AArmA, que busca relíquias preciosas na floresta do Saint-Baume, e é a partir destas escavações que começam a aumentar sua curiosidade em pesquisar uma carta que recebe de seu companheiro de jornal, escrita por Oliver, um importante sagrado.
   Apesar de o livro ser um pouco confuso em relação a quantidade personagens e em como ela nos passa a mudança de cenário, ele mostra um mistério incrível e também nos questiona em o que pensamos e no que acreditamos, fazendo assim com que o livro seja muito mais interessante.

   Espero que tenham gostado de mais uma resenha aqui do blog e antes de terminar ela, quero informar que estarei voltando aos poucos por aqui, mas não se preocupem, vou fazer algumas postagens para pré- programar. Beijos e até a próxima! Tchau *-*

2 comentários:

  1. Oi Thâmila, tudo bem? Obrigada pela resenha. :-) Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anaté! Tudo bem sim e com você?
      Amei seu livro ele me fez lembrar dos livros do Dan Brown *-*
      Beijinhos
      T.P

      Excluir