Pular para o conteúdo principal

Resenha: Marcas na Parede - Vários autores


   Olá leitores (as) do blog como estão?
   Hoje trouxe para vocês a resenha do livro que ganhamos da Editora Andross, porém estou com algumas dificuldades em fazê-la por um simples motivo o livro é cheio de contos, mais precisamente são 47 contos e todos são de terror e suspense (o que da muito medo). Para não complicar a resenha decidi então falar de 3 contos e os outros deixo para quem gostar (rsrs) e para quem adquirir o livro.
   Os três contos que eu selecionei foram os que me chamaram mais atenção, mas todos são ótimos tanto que foi super difícil de escolher somente 3 dele. Vamos então as resenhas.
   O primeiro que escolhi foi O Poder das Palavras, que foi escrito pela Larissa Caruso. Neste conto o autor conversa conosco, colocando-nos frente a situações que precisamos imaginar e também fala o que estamos fazendo com se estivesse nos vendo e narrando. Porém o que há de assustador nisso? O que dá medo é que ele fala que estamos vendo algo passar então acabamos realmente indo olhar o que é muito bom.

   “Um vulto passa á sua direita, visível somente em sua visão periférica. Seu olhar desvia-se das páginas, observando os corredores com cautela, à procura de uma confirmação.” - Páginas: 107 e 108.

   O segundo foi A Casa no Fim da Rua, da autora Cecília Torres Nogueira. Sei que vocês podem estar pensando que já existe um livro com esse nome, porém neste conto a autora mostra a visão de um rapaz que viu exatamente o que aconteceu na casa, mas todos o acham maluco. Este conto é super legal e nos faz entender algumas coisas.

   “Certa vez, o rapaz, justamente porque naquele dia era o aniversário da morte da tal família,convidou um amigo vizinho para esperá-lo no ponto de ônibus.” – Página: 201.

   O último conto que escolhi foi Espelho no Corredor da autora Ieda Silvia Castaldi. Neste conto temos a estória de um casal que compra um antigo espelho e com isso a mudança no comportamento do homem da casa é que vai ser um terrível transtorno. Já deu para imaginar o que vai acontecer não é?

   “Quando Aline comprou aquele belo espelho para seu corredor, não se preocupou em saber nada sobre ele. Bastava-lhe o fato de ser um exemplar vitoriano legítimo.” – Página: 71.

   “O livro todo é surpreendente, não parei de lê-lo um instante e por ser composto de contos pequenos pude ler com calma e avaliar melhor cada um. Os contos, em geral, são super bem elaborados e muitos são de dar medo. Recomendo a todos!” T.P
   Para finalizar a resenha espero que todos tenham gostado! Até a próxima ^^.

   Resenha feita por:

Comentários

  1. Oi.

    Eu não conseguir terminar este livro, os primeiros contos eram muito bobos. rs
    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho medo de livro de terror, mas vi o pessoal falando que os contos eram idiotas e tal. Acho complicado ler um livro de terror que não assusta, realmente não rola.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Amei a temática do livro, irei procurá-lo e ler com certeza amoo livros de terror....

    www.saotantas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Amo contos pequenos! Vou procurar saber mais sobre ele!
    Amei o post!
    Beijos
    Ps: "Quando a Morte conta uma história você deve parar para ler."
    Resenha Especial: A Menina que Roubava Livros - Markus Zusak
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/01/quando-morte-conta-uma-historia-voce.html

    ResponderExcluir
  5. Eu não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas gostei bastante pela sua resenha, ainda mais que adoro livros de contos :D
    beeeeijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário