Pular para o conteúdo principal

RESENHA: Clube de Vênus (1º Temporada) - Cristina Frentzen


   Em Clube de Vênus, temos a estória de Tom Esquivel, que é um excelente médico do HUNS, um dos mais renomados hospitais de Nova Suburbia, é também casado com Vivian uma moça que adora ir a leilões e comprar sempre o que há de melhor. 
   É o primeiro dia da nova chefe no hospital e Tom, como todos os outros médicos, está muito curioso para saber quem é ela e conhecer um pouco mais sobre a mesma. Ao chegar no hospital ele vai até o andar que se reuniam os médicos e não ficou lá por muito tempo, pois eles não paravam de especular e falar fofocas da nova Dra. Após se trocar recebe um aviso de uma consulta de rotina e vai ao quarto indicado, chegando lá ele se depara com uma moça de uns 30 anos, e como todo médico começa a fazer algumas perguntas e analisar o formulário. Vendo que precisava tocá-la diz que vai chamar uma enfermeira para ficar ao seu lado auxiliando, porém a paciente diz que não se importa se ele fizer aquilo, então ele começa. Sentindo que a moça estava adorando o que ele estava fazendo e começado a gostar dela (pois ela era muito atraente) acaba cedendo à tentação e acaba indo para a cama com ela e no ponto clímax é impedido e tem que ir a outra ocorrência.
   Depois de descobrir que aquela paciente não era realmente quem ele devia analisar ficou muito preocupado, pois isso burlava o código dos médicos e ficou achando que era ma brincadeira de algum de seus colegas. Porém ao começar a discutir com um de seus amigos (achando que era ele que havia feito aquilo) recebe um chamado de que a chefe o estava chamando. Ela estava em uma cirurgia e ele começou a reparar o que ela fazia com muita agilidade e mostrando muito conhecimento e após ela terminar foram conversar então ele descobriu que a tal moça daquela consulta era ninguém mais que sua chefe, e assim sua vida não foi mais a mesma. Um diário, um mistério, cenas fortes e muita emoção.
   “Clube de Vênus é um livro impressionante, nos leva para um pensamento muito distante e também nos conta um incrível mistério. Eu no começo achava que como era um livro para maiores de 18 anos o livro seria tipo aqueles eróticos, mas a autora conseguir passar um outro aspecto para seu livro. Imaginamos algumas coisas que acabam sendo totalmente contrariadas, o que torna o livro ainda mais apaixonante. Recomendo a todos (exceto menores de 18 anos, pois não podem ler esse livro, pelo conteúdo ser adulto e conter expressões não aconselhadas para menores.).”T.P

   Espero que tenham gostado assim como eu e quem ainda não teve a oportunidade de ler esse incrível livro, se puder adquiri-lo não vai se arrepender. Beijinhos e até a próxima resenha!

Comentários

  1. CdV é ótimo mesmo, além do erotismo tem algo a mais, um mistério surpeendente que te faz amar o livro em segundos.
    Parabéns pela resenha!
    ;)
    Ju

    ResponderExcluir
  2. Olá, meu blog foi indicado para receber o selo Liebster Award, e agora estou indicando seu blog para recebê-lo!
    Beijos <3

    http://blog-perceps.blogspot.com.br/2013/12/selo-liebster-award.html

    ResponderExcluir
  3. Essa resenha foi otimaaa! Adorei o blog! ;*
    http://leitora-vorazz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adoro esse livro e sua resenha ficou terminantemente ótima de se ler...
    www.saotantas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ameiiiiiii a resenha!
    Seguindo e Curtindo! Lindo Blog! Amei!
    PS:Parceria Blog Overdose Literária com Autor Marcos DeBrito!! Passa lá e comenta/Segue/Curti se gostar! Retribuo visitas!
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2013/12/parceria-blog-overdose-literaria-com.html
    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário