Pular para o conteúdo principal

Visões Noturnas – Maurício Caldeira



   Olá pessoal, esta resenha confesso que não sabia como começar, motivo: o livro é cheio de estórias e não sabia como que iria fazer para colocá-las na resenha, mas enfim decidi que irei resenhar três das doze estórias que tem no livro e irei colocar as que me chamaram mais atenção, pois se me perguntarem de qual eu mais gostei digo todas.
   A primeira que irei falar é por incrível que pareça a primeira estória do livro o nome dela é: Royal Street Flash. Nesta pequena estória quatro amigos (Willian, Rubens, Rafael e Luiz) fazem uma aposta, pois um dos amigos se dizia ser muito corajoso e que não tinha medo de nada, então para provar isso os amigos apostam R$300,00 para que ele entre no cemitério e pegue o dinheiro que estará em algum túmulo no fim do cemitério. Porém essa estória não irá ocorrer como o planejado...
   A segunda é a A casa de infância. Nesta estória parece um pouco com o filme os Fantasmas de Scrooge, mas sem fantasmas... Um senhor (Joseph) que é bem de vida acaba começando a pensar na sua antiga casa e acaba retornando a ela e nesta casa acaba tendo visões de seu passado, de quando era criança e feliz. Mesmo não tendo nenhum fantasma nessa estória ela é muito legal o que faz nós pensarmos diferente...
   A terceira que irei falar é a: Embaixo da Cama, que me deixou realmente com medo... Um casal (Fernando e Luciana) estava dormindo, só que de repente Luciana sente que a cama está tremendo, então acorda Fernando que diz que não é nada, até que ao derrubar sua calcinha no chão Luciana é tocada por algo gosmento e começa a gritar, Fernando acorda e pergunta o que está acontecendo, mas não vê nada tocando nela, porém vê a gosma em sua mão e começa a acreditar em Luciana e quando estão conversando a cama treme de novo... O que havia debaixo da cama?

   “O livro é muito bom e mostra muitos pontos de vistas diferentes nem todos horríveis mas de um jeito que nos surpreende demais. As estórias são curtas e muito empolgantes, porém uma delas foi a que eu menos gostei o nome dela é O Arqueiro, pois fiquei triste como uma pessoa pode ser tão má assim, mas as outras são demais e tem algumas que nos deixam realmente com medo... Adorei demais e recomendo.” T.P

   Gostaram da resenha e ficaram curiosos? Então conheçam mais este livro e esse autor magnífico (Como ele imagina alguma coisas?). E aqui é o fim de mais uma resenha, espero que tenham gostado, até a próxima e tenham um excelente fim de semana.

Comentários

  1. Olá, muito bom! Adorei a resenha (principalmente a parte do "autor magnífico" eheheheheh), muito obrigado!!!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário