Pular para o conteúdo principal

Entrevista Denise Flaibam

   Olá pessoal hoje estamos com mais uma entrevista com a autora de Warthia - A Profecia de Mídria...

   Nome: Denise Flaibam 
   Fale um pouco sobre você: Sou uma pisciana de 18 anos, cinéfila, leitora compulsiva e seriemaníaca. Fangirl surtada (ênfase no surtada) que gosta de se aventurar na escrita de diversas histórias. Cresci com Harry Potter, Senhor dos Anéis e Crônicas de Narnia e aprendi a amar histórias fantásticas. Resolvi inventar meu próprio mundo mágico e criei Warthia aos 11 anos de idade; com 17, publiquei o primeiro livro da quadrilogia.
   Livro: Os Mistérios de Warthia – A Profecia de Mídria.

   1) De onde surgiu a vontade de ser escritor (a)?
   Como leitora compulsiva que eu sou, gosto de me aventurar nas histórias dos livros; quanto mais criativa, mais eu me empolgo. Quis fazer isso também. Comecei com fanfics, mas logo que a ideia para Warthia surgiu, quis construir um mundo só meu e dar vida a personagens, pra então colocar eles em situações perigosas e cheias de ação. Ter leitores, receber comentários, tudo isso contribuiu para a minha empolgação na hora de escrever.

   2) O que te inspirou para escrever o livro?
   Minha paixão por leitura, eu diria, além dos filmes de O Senhor dos Anéis. A ideia para Warthia surgiu numa época que eu passava a tarde assistindo-os; mundos fantásticos, criaturas mágicas, aventuras cheias de perigos... Eu quis escrever uma história que tivesse esses elementos, e acabou dando muito certo. 

   3) Como sabemos que é muito complicado dar um título ao livro, adoraríamos saber se para você isto aconteceu?
   Realmente muito complicado. Antes de Warthia surgiu, a história se chamaria simplesmente Heaven. Mas eu então reescrevi tudo e resolvi dar uma reformada no meu mundo mágico, e acabou que minha mãe me ajudou a compor o nome da quadrilogia; dos 4 livros, A Profecia de Mídria foi o que surgiu com mais facilidade. O nome do volume final, no entanto, ficou martelando na minha mente durante semanas até eu chegar a um resultado bacana.

   4) Você achou que seu livro seria aceito e adorado pelos leitores rapidamente? Explique.
   Não é que eu achei que o meu livro seria aceito, eu queria que ele fosse. Sei que autores novatos não recebem tanta atenção de leitores quanto os mais conhecidos, mas trabalhei bastante na história para que ela ficasse atraente a quem resolvesse dar uma chance. Assim como deixei aquele quê de curiosidade para que, quem resolvesse ler, ficasse ansioso pela continuação, pra assim aumentar a procura pela série. 

   5) Quanto tempo demorou para que seu livro fosse publicado?
   Em relação com a editora, não muito. Depois que eu resolvi que queria publicá-lo, assim que recebi o certificado da Biblioteca Nacional, enviei o formulário para a Novo Século, esperando a resposta deles e de uma outra editora – a NS respondeu em duas semanas, mostrando interesse no livro, e depois disso mais duas semanas para me contatar tendo interesse na publicação. Depois teve todo o trabalho de revisão, construção de capa, etc. Foram uns bons meses entre o contrato e o lançamento.

   6) Tem algum autor (a) preferido? 
Tenho vários... Tolkien, Rowling e Lewis: meus deuses da literatura. Mas também amo: Rick Riordan, Cassandra Clare, George R.R. Martin, Richelle Mead, Eduardo Spohr, Raphael Draccon, André Vianco, etc.

   7) Se inspirou em algum autor (a) ou livro para fazer o seu?
   O Tolkien foi minha grande inspiração. Rowling e Lewis também, claro. Eu não me inspirei em suas obras, mas me inspirei na magia que eles transmitiram com elas. Queria conseguir colocar um pouquinho que fosse daquela fantasia incrível nos meus livros e passar pros leitores; espero que isso dê certo :D

   Esperamos que tenham gostado pessoal até a próxima!

Comentários